Gente&Conteúdo

15/10/2014

Conciliar freelancer com emprego formal?

Ter uma renda extra é sempre bom não é mesmo? Por isso, o número de profissionais adeptos a prática de freelancer cresce cada vez mais. O termo freelancer retrata as atividades não formais, ou seja, qualquer forma de trabalho que não exige necessariamente de um contrato de trabalho ou de ligações legais com empresas.

Antigamente o trabalho de freelancer não era bem visto no mercado de trabalho, mas hoje é considerado como qualquer outra experiência no currículo. Sebástian Siseles diretor do Freelancer.com, comenta sobre esta mudança: “Acumular trabalhos temporários no currículo já não é mais malvisto pelos empregadores. Cada vez mais as pessoas estão em busca de freelancers para adquirir experiência, e/ou buscar independência profissional” afirma.

Há muitos adeptos do freelancer que obtêm sua renda total por meio destas atividades, mas o número de profissionais que possuem um emprego formal e que também fazem algum trabalho como freelancer é crescente. Conciliar freelancer ao seu emprego é possível, mas pode não ser fácil. Confira algumas dicas para obter rendimento de qualidade em ambas as funções.

Tenha foco

Ser um profissional focado irá lhe ajudar e muito na conciliação de suas atividades. Saber o que é mais importante no dia a dia é primordial para organização de sua rotina de trabalho. Afinal, quando se sabe aonde se quer chegar é muito mais fácil planejar um caminho para não se perder em meio a múltiplas tarefas.

Organize-se

O sentido de oranização aqui deve ser aplicado em todas as etapas de trabalho, ser um profissional organizado é desde saber aonde buscar informações para fazer um relatório, até saber encontrar uma caneta em seu ambiente de trabalho. Um profissional organizado é muito mais produtivo e para ser eficaz conciliando formas diferentes de trabalho a organização é essencial.

Tenha Prioridades

O mercado está cada vez mais rápido e com isso, todas as atividades são tachadas de “urgentes”, mas é impossível tratar todos os assuntos com extrema urgência. Por isso, é inevitável entender quais atividades necessitam de mais atenção e qual pode esperar um pouco. Claro que desempenhar mais de uma atividade às vezes é necessário, mas há pendências que requerem todo o seu esforço e em tempo recorde, estas são as prioridades.

Respeite seus clientes e sua empresa

Quando uma empresa te contrata, ela conta com todas as suas horas de trabalho, ou seja, você deve estar empenhado em suas funções quando a serviço de sua organização. Não leve o seu trabalho de freelancer para sua empresa, além de ser uma questão legal, esta situação envolve ética no trabalho, respeite o seu empregador!

Isso vale também para os trabalhos freelancers, normalmente este tipo de trabalho não possui horários firmemente estipulados, mas o seu cliente tem um prazo e espera resultados, entregue o que foi combinado e se possível supere expectativas. Os trabalhos de freelancer normalmente são feitos por indicação e manter uma boa impressão é fundamental.

Valorize tempo e qualidade

Embora você tenha duas atividades para conciliar, a qualidade será cobrada intensamente por ambos os contratantes de seus serviços. Cumpra prazos, se cobre e esteja sempre a frente do que é esperado. Faça o seu trabalho valer a pena e sempre será requisitado.

*Esta matéria foi publicada pelo Portal Carreira&Sucesso da Catho em 14 de outubro de 2014.

Clientes

Conheça quem hoje faz a história da ProPay ser um sucesso.

Brasil Máquinas DeVry Brasil Grupo Libra ESPRO Sabó Junior Nidera Rocket Valeo Sidel Damásio Soter Alphaprint Crown America
http://www.propay.com.br/