<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=91554&amp;fmt=gif">

Na mídia

Karin Hetschko

Karin Hetschko

Robotização, inteligência artificial, internet das coisas, big data. São tantas palavras e funções distinstas que surgiram com a Quarta Revolução Industrial que é difícil fazer a mineração de dados para saber qual caminho seguir. Explicar as ferramentas de como chegar lá é o meu propósito pessoal como jornalista e produtora de conteúdo de MKT especializada na área de carreira e RH na era da transformação digital. Neste momento, estudo transformar minha monografia em gestão de pessoas que estuda as correlações da Quarta Revolução Industrial no ambiente corporativo, ao lado de colegas que compartilham esse meu próposito, em um ebook gratuito. Possuo uma carreira de quinze anos desenvolvida na área de comunicação corporativa, atuando com marcas como Harvard Business Review Brasil e Editora Globo. Boa capacidade de gerenciar rotinas de comunicação corporativa, planejamento de projetos especiais, branded content e relações públicas com visão estratégica de negócio orientada para resultado. Sólida experiência internacional com capacidade de se comunicar entre diferentes culturas, idiomas e níveis hierárquicos. Excelente experiência em coordenar e planejar a execução de eventos. Foi a responsável pela coordenação do primeiro congresso internacional omnichannel da Harvard Business Review Brasil, o HBR Brasil WEEK. Boa capacidade na edição de revistas e sites. Experiência na coordenação de ações ligadas à assessoria de imprensa, com alta habilidade de identificar, examinar e aperfeiçoar estratégias de divulgação de marcas. Familiaridade com o controle de budget, employer branding e SEO

Posts recentes por Karin Hetschko:

Desafios do RH em tempos“pós-normais”

Como a área de gestão de pessoas vai lidar com a complexidade gerada dentro do ambiente de trabalho diante do uso de novas tecnologias e comportamentos.

O professor e futurista Gil Giardelli gosta de dizer que já passamos da fase do mundo VUCA (volátil, incerto, complexo e ambíguo). Para ele, vivemos em tempos pós-normais, em que as relações são definidas pela complexidade, caos e contradições. E ele acertou em cheio. A área de gestão de pessoas, que está na ponta do foguete da transformação digital, que o diga.

Categoria(s): Transformação Digital Gestão de Pessoas RH Estratégico