<img height="1" width="1" style="display:none" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=91554&amp;fmt=gif">

Guia definitivo para entender os benefícios flexíveis

Veja como os benefícios flexíveis funcionam e entenda como esse formato mais flexível pode ser uma vantagem para a gestão de benefícios corporativos.

Os benefícios flexíveis são uma alternativa acessível e versátil quando se trata de benefícios corporativos. Esse formato vem se tornando uma tendência no mundo todo.

É praticado em países como Estados Unidos e Reino Unido, com forte influência também nos países da américa latina.

Esta forte tendência mostra que as empresas estão se importando cada vez mais com seus profissionais, dando voz e importância às necessidades de cada funcionário.

O que são benefícios flexíveis?

A ideia principal dos benefícios flexíveis baseia-se na liberdade do colaborador em escolher os benefícios que melhor o atendem e se adaptam ao perfil pessoal na empresa. Neste caso, a organização já possui um leque de opções a disposição do profissional.

Dessa forma, a corporação transforma um valor financeiro X, o qual é destinado para cada funcionário no seu pacote de benefícios em uma pontuação. Esta pontuação dá a liberdade para o profissional reservar e escolher os benefícios que melhor o atendem.

Além disso, o método de flexibilização de benefícios é pautado na ideia de aperfeiçoar o engajamento dos funcionários, fazendo com que se sintam parte integrante de uma equipe que possua poder de decisão.

beneficios-flexiveis

Benefícios flexíveis: vantagens e desvantagens

O modelo de benefícios flexíveis conta com diversas vantagens, como:

Possibilitar maior liberdade de escolha aos colaboradores, visando a necessidade particular de cada um;

Aumento na motivação e engajamento da equipe, gerando maior produtividade e desempenho;

Propiciar maior impacto na atração e retenção de talentos, visto que administrar a geração Y e Z é uma realidade atual para o gestor de pessoas e, muitas vezes o maior desafio seja atrair e reter. Assim sendo, o Beneflex é um grande influenciador nesse momento; Ajuda a reduzir custos descartando benefícios com baixa procura.

Todos esses prós podem alavancar os indicadores de clima organizacional, privilegiando as organizações em rankings de melhores empresas para se trabalhar.

Embora possua diversos aspectos positivos, é necessário ressaltar que uma das únicas desvantagens desta alternativa é o maior planejamento e maior organização do RH. Apesar disso, o retorno desse investimento é muito maior em curto e médio prazo.

folha-e-beneficios-flexiveis

Quais são os tipos de benefícios flexíveis?

Geralmente, as empresas estabelecem uma determinada quantia para o profissional escolher quais se encaixam nas suas necessidades, levando em conta seu salário.

Os tipos de benefícios flexíveis são diversos, tais como:

  • Seguro de vida

  • Vale combustível

  • Plano de saúde

  • Academia

  • Vale estacionamento

  • Atividades recreativas

  • Plano odontológico

  • Auxílio farmácia

  • Plano de internet para smartphone

  • Auxílio educação

  • Cartão presente

solucoes-rh

Como implantar os benefícios flexíveis?

Inicialmente, para implantar os benefícios flexíveis na organização exige que a diretoria e o RH entendam perfeitamente o funcionamento deste modelo, além dos objetivos da empresa estrem bem definidos.

Um fator muito importante para a implantação deste formato é manter o contato com empresas que já tiveram esta experiência ou praticam essa metodologia.

Para a implantação da flexibilidade do pacote de benefícios, é importante:

  • Elaborar uma pesquisa de clima organizacional, com o intuito de conhecer a opinião e as necessidades dos profissionais;

  • Traçar os objetivos da empresa, verificando seus dados e realizando simulações que permitam a definição de possibilidades da flexibilização;

  • Envolver áreas de apoio, tais como sindicatos, fornecedores e jurídico. Para implantar a flexibilidade dos benefícios é necessário estudar a legislação vidente visto que, sem o devido estudo a empresa fica passível de possíveis problemas quanto a validade do pacote de benefícios oferecido aos colaboradores;

  • Colocar o planejamento em ação, criando o processo das configurações da plataforma de benefícios. Por conseguinte, é necessário criar um processo rotineiro de realizar pesquisas e entender o motivo das escolhas de cada colaborador em relação aos benefícios;

  • Utilizar os benefícios flexíveis na atração e retenção de talentos. Como já dito neste artigo, esse formato de pensar os benefícios corporativos é um grande influenciador na hora da atração e retenção de talentos, visto que este é uma ferramenta muito importante para compor a remuneração total do colaborador

  • Mensuração de resultados. É importante fazer uma boa gestão em relação a este trabalho com uma consultoria especializada, sempre levando em conta dados mensurados para que sejam tomadas as melhores decisões estratégicas.

terceirizar-folha

 

Topics: Gestão de Pessoas RH Estratégico