<img height="1" width="1" style="display:none" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=91554&amp;fmt=gif">

7 dicas para o retorno presencial de colaboradores

Conforme a vacinação contra a Covid-19 avança, além do aumento das flexibilizações, as empresas estão trazendo seus profissionais de volta para a rotina de trabalho presencial/híbrido.

Ainda que careça de cuidados e cumprimento dos protocolos de saúde, o retorno presencial de colaboradores também deve abranger ações que preservem o bem-estar físico e mental de todos os profissionais e, dessa forma, separamos 7 dicas para ajudar você e sua organização a se prepararem para um regresso calmo, descontraído e seguro.

1 - Comunicação com a equipe

Em primeiro lugar, avisar os funcionários previamente do retorno para a empresa é o primeiro passo a ser dado. O alinhamento das expectativas, cuidados e mudanças é essencial para não pegar nenhum colaborador de surpresa, além do bate papo ser muito útil para que eles não se sintam pressionados.

2 - Limpeza adequada e equipamentos de proteção

A higienização do escritório e suas estações de trabalho são de suma importância durante o período de transição do home office para o trabalho presencial. A medição de temperatura é muito importante para monitorar a situação dos colaboradores. O uso do álcool em gel é indispensável e, por conseguinte, vale ressaltar que é de responsabilidade da empresa fornecer máscaras descartáveis dentro do ambiente de trabalho.

3 - Retorno presencial de colaboradores e horários flexíveis

A fim de auxiliar em uma volta muito mais leve e tranquila ao escritório, é considerável que a empresa flexibilize os horários de seus funcionários de acordo com a necessidade de cada um. Assim sendo, é possível evitar que os profissionais utilizem o transporte público em horários mais cheios, preservando assim, a saúde de todos.

4 - Campanhas motivacionais

Certamente, as campanhas motivacionais auxiliam de maneira positiva no retorno presencial de colaboradores, visto que estas fazem com que o profissional se sinta abraçado e valorizado, sendo reconhecido como uma pessoa que designa um trabalho importante em prol do crescimento pessoal e o crescimento da empresa, e não apenas mais um número dentre vários.

5 - Proximidade com o time e suporte durante a transição

O acompanhamento da transição do home office para o retorno presencial de colaboradores é de suma importância, afinal, a saúde mental dos profissionais deve ser tratada como prioridade. Dessa forma, é possível acolher os funcionários, além de preservar a ansiedade de todos e conversar sobre os novos procedimentos na empresa no período de pandemia. Eventualmente, uma pesquisa de percepção pode somar durante esse processo.

6 - Informações reforçadas: a pandemia ainda não acabou!

A disponibilização de materiais informativos relacionados a prevenção é indispensável, sobretudo em boletins diários ou em espaços onde todos os colaboradores possuem acesso, como por exemplo em um mural ou até mesmo na recepção.

7 - Adaptação do ambiente

Uma vez que o distanciamento social ainda é uma ferramenta importante no combate a pandemia do coronavírus, a readequação do espaço no ambiente de trabalho é fundamental. Desse modo, com retorno presencial de colaboradores, intercalar mesas e cadeiras, tanto no refeitório, quanto nas estações de trabalho, são possíveis opções. Da mesma forma, os bebedouros podem ser substituídos por garrafas de água.

Gostou do conteúdo? Confira outros assuntos no nosso blog.

Propay SaaS

 

 

 

 

 

 

Topics: RH Estratégico negócios