<img height="1" width="1" style="display:none" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=91554&amp;fmt=gif">

O impacto do coronavírus na taxa de sinistralidade

Vimos que a pandemia parou o mundo, exigindo mudanças nos comportamentos e em todos os processos existentes na sociedade.

 

Vida pessoal e profissional foram impactadas. No âmbito corporativo, as empresas correram contra o tempo para poder se adaptar e continuar produzindo.

A área de RH foi atingida em cheio, passou a realizar boa parte de suas atividades de maneira remota, isso inclui também a difícil tarefa de administrar os benefícios dos colaboradores, que nesta época tiveram muitas dúvidas, como a cobertura do plano de saúde para testes de Covid ou internações.

Apesar de toda essa correria, a ANS mostrou alguns impactos.

Neste artigo veremos alguns pontos que influenciaram no plano e saúde corporativos.

somos-pro

Covid-19 e plano de saúde

De acordo com dados da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) em 2020, as receitas referentes à assistência médica cresceram, enquanto as despesas e a taxa de sinistralidade diminuíram na comparação com 2019.

Ainda segundo a ANS, a queda das despesas, foi motivada pela pandemia de Covid-19, já que foram realizados menos procedimentos eletivos como consultas, cirurgias e exames.

Com o medo de contrair a Covid-19, a procura dos beneficiários por pronto-socorro teve queda considerável.

É sempre bom lembrar que, desde que a OMS) declarou mundialmente a Covid-19 como pandemia, a Agência Nacional de Saúde determinou a inclusão do exame para detecção do coronavírus no Rol de procedimentos obrigatórios da rede privada.

O que é reajuste por sinistralidade?

O reajuste por sinistralidade é realizado pela operadora de saúde sob a alegação de que o consumidor/cliente utilizou mais o plano do que o previsto em determinado período, de modo que o número de procedimento, atendimentos (ou “sinistros”) ultrapassou o que era esperado.

Como é calculada a sinistralidade?

A taxa de sinistralidade é medida de maneira percentual, somando todas as situações de sinistro de um período estabelecido (semestral, anual) e, posteriormente dividindo o valor obtido pelo prêmio pago, obtendo a taxa de sinistralidade.

Por exemplo: sinistralidade (em porcentagem %) = sinistro dividido pelo valor do prêmio da assistência médica.

Todas as organizações que adotam o plano de saúde como benefício para seus colaboradores têm a função de fazer os balanços da taxa de sinistralidade em determinados períodos, a fim de descobrir o valor que a empresa está investindo e se este não está comprometendo a receita da corporação.

terceirizacao-folha

Importância de manter o plano de saúde no pacote de benefícios 

É vital que a empresa entenda que está investindo nos colaboradores, retendo os melhores talentos.

Desta forma, oferecer benefícios, além do salário, para os colaboradores da empresa é de suma importância porque mostra o quanto você prioriza o investimento em pessoas.

A assistência médica é um diferencial relevante para o pacote estratégico de benefícios da área de RH que têm como objetivo a atração e retenção de talentos.

Além disso, um bom plano de saúde aumenta a produtividade, melhora clima organizacional e ameniza os índices de turnover.

sistema-de-folha

O Blog Propay foi criado para ajudar você nesse desafio. Sempre conte com a Propay e os nossos mais de 20 anos de experiência sempre que precisar!

Assine a nossa newsletter e receba os nossos conteúdos diretamente no seu e-mail. Até a próxima!

beneficios

Topics: Gestão de Pessoas