<img height="1" width="1" style="display:none" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=91554&amp;fmt=gif">

Novembro azul: o RH na conscientização do câncer de próstata

O mês de novembro é marcado pela campanha mundial contra o câncer de próstata. O propósito do Novembro Azul é conscientizar e mostrar a importância da prevenção desse tipo de câncer.

Um ponto de extrema importância quando se trata desse assunto é desconstruir barreiras para incentivar o homem a cuidar de sua saúde. De acordo com esquisa da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), 55% dos entrevistados acima de 40 anos deixaram de fazer alguma consulta ou tratamento médico em função da pandemia da covid-19.

A pesquisa online abrangeu 22 estados da federação e teve 499 participantes. Dos entrevistados, 75% tinham mais de 40 anos, 77% eram do sexo masculino, 2,18% já tiveram um diagnóstico de câncer de próstata e apenas 6% admitiram que não cuidavam ou não se importavam com a sua saúde de forma habitual.

Câncer de próstata

O Câncer de próstata é o tumor que afeta a próstata, uma glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis. É o câncer mais frequente entre os homens, depois do câncer de pele. Por mais que seja uma doença comum, por medo, desconhecimento e até mesmo preconceito, muitos homens preferem evitar conversar sobre esse assunto.

Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) apontam para 65.840 novos casos de câncer de próstata a cada ano, entre 2020 e 2022. Homens com mais de 55 anos, com excesso de peso e obesidade, estão mais propensos à doença. 

Sintomas e tratamento

Em seu estágio inicial, o câncer de próstata muitas vezes não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando o tratamento. Em uma fase avançada, os sintomas são:

- Dores ao urinar;

- Vontade de urinar com frequência;

- Presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

O tratamento do câncer de próstata irá depender da fase em que a doença está. Se o diagnóstico acontecer precocemente, uma cirurgia para remoção da próstata e a radioterapia são indicados, porém, quando a doença está em um estágio avançado, são indicados bloqueadores hormonais.

 RH e Novembro Azul

Quando trabalhado nas empresas em formato de ações, projetos, palestras, comunicados, entre outros, a diretoria mostra para os colaboradores a preocupação da empresa com relação a saúde deles. Demonstrar preocupação com o colaborador é uma forma de valorização ao trabalho.

Além disso, não apenas a campanha de Novembro Azul, mas outras também, solidificam a cultura organizacional e promovem um ambiente de bem-estar que acaba impactando na produtividade e engajamento.

Desta forma, é importante que o RH desenvolva estratégias para mobilizar os colaboradores e integrá-los à luta contra o câncer de próstata.

Gostou de conteúdo? Visita outras matérias como essa no nosso blog!

Topics: Planos de saúde Saúde