Sala de Imprensa

04/04/2014

Especialista ensina como dar um bom feedback

Um feedback não é apenas uma obrigação que os gestores devem cumprir por determinação do departamento de Recursos Humanos. Dar retorno constante é fundamental para corrigir rumos e motivar os funcionários, beneficiando diretamente a empresa. A dica é do diretor de benefícios da Propay, Ricardo Lopes.

“Damos um feedback para quem queremos ajudar. Ele orienta o funcionário na direção correta, dizendo o que ele está fazendo bem feito e quais são os seus pontos a melhorar, motiva e o deixa feliz”, resume ele ao Portal Sociedade de Negócios.

O especialista diz que, ao dar retorno para um funcionário, o gestor deve avaliar três pontos: conteúdo, forma e tempo.

“Não adianta dar um retorno para seu funcionário sem ter um conteúdo adequado, ou seja, fatos e argumentos consistentes. É preciso transmitir um conteúdo para que, com esforço e dedicação, ele consiga melhorar”, afirma.

Usar uma forma inadequada para transmitir o feedback também pode prejudicar o desenvolvimento do profissional. É preciso abordar cada funcionário de forma diferente, porque alguns são mais pragmáticos e outros, mais sentimentais.

“Nunca comece reforçando os pontos negativos. Realce os pontos positivos e depois fale dos pontos que a pessoa precisa melhorar, de modo que não a magoe e nem a desmotive”, ensina Lopes.

O tempo igualmente conta na hora de dar feeeback. De nada adianta, por exemplo, falar como o funcionário 15 dias ou um mês depois de um fato ocorrido. O gestor não vai conseguir atingir o mesmo objetivo se fizer isso. É preciso dar retorno o mais rapidamente possível.

A sugestão de Lopes é que o gestor faça de três a quatro feedbacks por ano. “As empresas que têm melhores resultados são aquelas que dedicam mais tempo para o trato com os seus colaboradores”, garante.

Por fim, é importante não confundir a avaliação de desempenho com o feedback. As duas ações são importantes, mas devem ser feitas de forma separada.

A avaliação de desempenho é usada para avaliar metas e valores. Já o feedback é mais voltado para o aspecto comportamental do que empresarial.

*Esta matéria foi publicada no Site Sociedades de Negócios Bradesco

Clientes

Conheça quem hoje faz a história da ProPay ser um sucesso.

Damásio Covidien Valeo Grupo Libra Diversey Mercedes Benz GS1 Decathlon Junior Rocket DeVry Brasil Lachmann Soter Nidera Crown
http://www.propay.com.br/