Gente&Conteúdo

09/12/2015

Sem tempo para família? 4 dicas para equilibrar vida pessoal e profissional

Algumas profissões são conhecidas por exigir muito esforço e horas a mais, o que dificulta o equilíbrio do tempo dedicado ao trabalho e à vida pessoal. É o caso, por exemplo, de setores financeiros, como em bancos, e no varejo, lojas de uma forma geral, segundo especialistas em RH consultados pelo UOL.

Esse equilíbrio é uma preocupação cada vez mais comum dos profissionais, e empresas de todos os setores estão buscando formas de promover a qualidade de vida de seu funcionários, para conseguir reter talentos e também aumentar a produtividade. 

"[Com qualidade de vida] o profissional rende mais. Fica com a mente aberta para a criatividade e para pensar em soluções. A probabilidade de ter desempenho melhor aumenta", afirma Isis Borge, gerente de divisão da Robert Half, empresa de recrutamento.

As maneiras para alcançar isso podem variar. Segundo Luis Fernando Martins, diretor da Hays, também especializada em recrutamento, áreas comerciais de algumas empresas oferecem a flexibilidade como premiação. Ao atingir alguma meta, por exemplo, o funcionário pode ganhar dias de folga.

Outra possibilidade é optar pelo home office. Trabalhando de casa, os profissionais ganham o tempo que gastariam no transporte, por exemplo. Fábio Cunha, gerente executivo da empresa de recrutamento Michael Page, afirma que isso está mais comum em áreas e empresas de tecnologia, principalmente TI (tecnologia da informação).

Luis Fernando Martins também diz que as empresas têm se preocupado menos com o horário de trabalho dos funcionários e mais com metas e resultados. Mas nem sempre isso significa melhor qualidade de vida. "Claro que, quando as metas são mais agressivas, as horas também ficam", afirma.

Veja dicas dos especialistas para melhorar o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Busque o que é importante

O primeiro passo, segundo Isis Borge, é entender o que é importante para si. Pode ser ficar mais próximo aos filhos, conseguir viajar, dedicar-se a um hobby, ir à academia ou almoçar em casa, por exemplo.

Sabendo o que deseja, fica mais fácil tomar atitudes para alcançar suas vontades. "Tendo isso bem definido, consegue atuar nesse sentido, forçar-se a ter na agenda alguns horários para pôr em prática", afirma Borge.

Olhe ao seu redor

Sair todos os dias muito tarde do escritório pode ser uma questão de falta de organização no trabalho. Fazer menos intervalos ao longo do dia ou não gastar tanto tempo com atividades menos importantes pode solucionar o problema, para alguns.

Segundo Isis Borge, uma pergunta que deve ser feita a si mesmo é: será que há gente que trabalha comigo, na mesma função, e consegue sair mais cedo?

Isso pode indicar que o problema é com sua organização no trabalho, levando mais tempo do que o necessário para as tarefas.

Se o problema for generalizado em sua área ou empresa, então pode ser o momento de conversar com os superiores para tentar achar uma solução, ou até mesmo considerar mudar de setor ou emprego, diz Borge.

Seja mais metódico

Conseguir momentos de lazer na sua rotina também exige organização. Ao planejar melhor as atividades diárias, pode ser que encontre o tempo que falta para a família, lazer ou outros projetos.

"Algumas pesquisas mostram que pessoas produtivas são mais metódicas. Inclusive com sua vida pessoal", afirma Luis Fernando Martins, diretor da Hays.

"Isso está muito ligado a características pessoais, de ser mais doutrinado e colocar a vida pessoal como prioridade, não só a carreira", afirma. "Não estou falando de sair mais cedo do escritório ou ficar três horas no almoço, mas encontrar horários alternativos que não atrapalham o dia a dia [no trabalho] para atividades que tragam benefícios físicos e emocionais."

Respeite seus limites

É preciso estar atento para perceber se não está assumindo muitas responsabilidades e tarefas além do que pode fazer ou mesmo a mais do que é pedido.

"[Existem profissionais] que gostam de assumir a responsabilidade e às vezes isso nem é exigido deles. Cabe a eles entender isso também. Existe um limite de capacidade, até física, para fazer um trabalho", afirma Fábio Cunha.

*Fonte: UOL

Clientes

Conheça quem hoje faz a história da ProPay ser um sucesso.

America GS1 Nidera Grupo Flytour Rocket Canal Rural Decathlon ESPRO Lachmann Damásio Valeo Sidel Grupo Libra Par Corretora de Seguros Pamcary
http://www.propay.com.br/