Gente&Conteúdo

06/09/2012

RH: para ser protagonista tem que fazer a diferença!

Ser reconhecido é um grande motivo para continuar fazendo a diferença na empresa. A satisfação do reconhecimento talvez seja a razão mais forte para que ações enérgicas ganhem maior evidência entre os milhões de profissionais qualificados que emergem no país.

A diretora de Recursos Humanos das Lojas Renner, Clarice Martins Costa, eleita um dos 10 RHs mais admirados do prêmio que acontece uma vez ao ano, 100 RHs Mais Admirados do Brasil, pela editora Gente e RH conta que viu de perto a empresa crescer. A executiva destaca a importância de deixar a simplicidade das ações transparecerem, “o papel do RH dentro da organização é ser um facilitador, se preocupando com o clima, com o bem estar e com a felicidade das pessoas. Quem se preocupa com o simples é aquele RH que pensa a frente e que olha para os profissionais tentando enxergar como eles podem contribuir com o crescimento da organização. Quando eu entrei na Renner, por exemplo, havia 8 lojas com cerca de 800 colaboradores, hoje nós temos 14 mil profissionais e mais de 170 lojas, então a função do RH é sempre preparar a empresa para o crescimento, mas sempre com simplicidade.”

Comandar um RH estratégico e estar sempre alinhado aos objetivos do negócio foi o diferencial para ser umas das indicadas ao prêmio dos RHs mais admirados. Clarice garante que o estímulo e a preocupação com os profissionais também é um dos pilares do negócio, “na Renner temos a Universidade Corporativa desde 2000, Gestão por Competências desde 2002 e Avaliação de Desempenho há 16 anos, fazemos uma pesquisa de clima anual para saber a opinião dos profissionais e temos uma adesão de 92% das pessoas que preenchem as questões através da internet.”

Com um mercado competitivo o RH tem a missão de ter rotatividade de inovação, isso é importante para o crescimento da empresa e para a retenção de talentos, além de gerar influência positiva, “aqueles que têm um pouco mais de idade, que se esforçaram e que hoje são gerentes ou diretores de RH servem de inspiração e mostram para os RHs mais jovens que todos vivemos os mesmos dilemas, o que devemos fazer é achar formas de contornar situações e sair daquele ranço de que os RHs não são valorizados. Acredito que nosso RH é muito valorizado tanto interno quanto externamente, e o que muda isso é o papel e a postura que se assume. Vamos deixar de ser vítimas, quando você quer ser o protagonista isso faz toda a diferença!”, ressalta Clarice.

*Equipe de conteúdo ProPay.

Clientes

Conheça quem hoje faz a história da ProPay ser um sucesso.

Mercedes Benz DeVry Brasil Pamcary Soter ESPRO Sabó Junior Grupo Libra Sidel Canal Rural Grupo Flytour Rocket Brasil Máquinas Nidera Alphaprint
http://www.propay.com.br/