Gente&Conteúdo

21/02/2013

Inteligência Social e sua influência na carreira

 

Muitas qualidades são essenciais para quem deseja destaque na carreira. Saber relaciona-se bem é uma das principais características de profissionais de sucesso. E não é para menos, com uma comunicação apurada é possível alcançar êxito, tanto na profissão como também na vida pessoal.

E é fácil entender esta matemática. Faça uma pequena autoanálise e verá claramente que não são apenas suas competências e conhecimentos, ou a falta deles, que ajudam ou boicotam seu sucesso. Se pensar bem, com certeza a forma como você se relaciona com seus colegas ou subordinados foi fundamental para estar ou chegar onde está.

A Importância da Inteligência Social
Segundo o escritor Karl Albrecht, um dos mais importantes pensadores e nomes na área da Administração Estratégica, focada em liderança, e autor do livro a "Inteligência Social", esta qualidade é a Nova Ciência do Sucesso. Para ele, esta consiste na habilidade de se relacionar bem com as outras pessoas e conquistar sua cooperação.

A Inteligência Social (IS) é uma combinação entre sensibilidade, necessidades e interesses alheios, sendo chamada por vezes de radar social. Na liderança de equipe, esta competência é essencial para gerir diferentes tipos de profissionais. Atitudes de generosidade e consideração, além de um jogo de habilidades práticas para ter êxito ao interagir com as pessoas em quaisquer circunstâncias são diferenciais do líder que sabe usá-la a seu favor.

Relacionamento X Carreira
O que fica cada vez mais evidente é que não basta apenas ter conhecimentos técnicos a cerca dos assuntos que tangem seu cargo e profissão. Cultivar boas relações sociais colabora, e muito para que o profissional crie um ambiente de trabalho harmonioso, consiga trabalhar em equipe, formar networking, manter bons relacionamentos interpessoais com seus colegas e colaboradores, por exemplo.

Neste sentido, a Universidade de Harvard, através de pesquisa, analisou os motivos que levavam as pessoas a serem demitidas e concluiu que mais de 60% dos entrevistados foram demitidos em virtude de problemas interpessoais. Isso representa que pelo menos 2/3 das demissões nas empresas são causadas por dificuldades de relacionamento entre colegas e superiores.

O que faz a diferença?
Se você reconhece que tem problemas para relacionar-se, fique atento às dicas de como superar estas dificuldades. Entre as competências dos profissionais que sabem manter um bom relacionamento interpessoal estão: à capacidade de ouvir o outro, pontualidade na chegada à empresa, nas reuniões, e na entrega de tarefas, saber trabalhar em grupo fortalecendo o espírito de equipe.

Colabore com novos projetos, novas ideias e mostre lealdade aos colegas, ao setor onde atua e a empresa como um todo. E é claro, evite puxa-saquismos, pois ninguém gosta de pessoas que vivem tecendo elogios ao chefe de forma exagerada e sem sentido para obter vantagens.
Faça seu trabalho, seja solícito com seus colegas, foque sempre em melhorar seu desempenho, seja educado, cortês, confiável, tenha bom senso, respeite o espaço do outro e com certeza terá sucesso. Boa Sorte!

*Esta notícia foi publicada no site RH.com em 19 de fevereiro de 2013.

Clientes

Conheça quem hoje faz a história da ProPay ser um sucesso.

Brasil Máquinas DeVry Brasil Junior Grupo Flytour Par Corretora de Seguros Decathlon Pamcary America Sabó Valeo Mercedes Benz Soter ESPRO Damásio Nidera
http://www.propay.com.br/