Gente&Conteúdo

13/09/2012

Fique por dentro do Programa Farmácia Popular

O Governo Federal criou em 2004 o programa Farmácia Popular do Brasil com a intenção de facilitar a adesão de remédios triviais que o cidadão brasileiro utiliza, como: analgésicos, remédios que combatem a hipertensão, diabetes e colesterol, tudo a preço de custo.

O programa possui uma rede própria de farmácias e já conta com unidades espalhadas por quase todos os municípios do país por meio de parceria entre o Ministério as Saúde com estados, municípios e instituições filantrópicas. Os paulistas podem contar com cerca de 13 unidades específicas do Farmácia Popular, além das parceiras. Para conferir a lista das Farmácias Populares no estado de São Paulo e seus endereços clique aqui

O Farmácia Popular foi ampliado em 2006 firmando parceria com drogarias das redes privadas. O chamado “Aqui tem Farmácia Popular” atinge 70% dos municípios mais pobres do Brasil e pode ser reconhecido pelo adesivo de credenciamento, uma peça publicitária fornecida pelo próprio Ministério da Saúde, confira aqui as redes credenciadas no estado de São Paulo.

Os descontos dos remédios podem chegar até 90% do preço total do produto, e o valor remanescente é custeado pelo estado. Os remédios fornecidos no programa são usualmente os mais utilizados pela população como medicamentos para: Hipertensão, Diabetes, Anticoncepcionais, Incontinência, Asma, Rinite, Parkinson entre outros, confira a lista dos medicamentos que você encontra na Farmácia Popular.

Requisitos para dispensação do medicamento

01. O usuário deverá apresentar receita médica válida:
1.1 Para hipertensão, diabetes, dislipidemia, asma, rinite, parkinson, osteoporose e glaucoma, validade de 120 dias.
1.2 Para anticoncepcionais, validade de 1 ano.
1.3 Para fraldas geriátricas, as receitas médicas e/ou laudos e/ou atestados médicos terão validade de 120 dias.
02. As receitas deverão conter dados legíveis do médico (nome, CRM e assinatura), endereço do consultório, data de emissão e nome e endereço residencial do paciente.
3. O titular da receita ou laudo ou atestado médico deverá comparecer ao estabelecimento portando seu CPF.
5. Fica dispensada a obrigatoriedade da presença física do paciente, titular da receita médica, SOMENTE quando: Pessoa considerada incapaz, desde que comprovado e/ou pessoa idosa, com idade igual ou superior a 60 anos.                            

Fonte: www.saude.gov.br
 

Clientes

Conheça quem hoje faz a história da ProPay ser um sucesso.

Sidel Lachmann DeVry Brasil Damásio Rocket Mercedes Benz Diversey Brasil Máquinas Soter ESPRO Covidien Grupo Libra Pamcary Alphaprint Sabó
http://www.propay.com.br/