Gente&Conteúdo

14/06/2012

Compartilhamento na Era Tecnológica

O aparecimento de novas tecnologias facilitou a comunicação e a troca de ideias não apenas entre amigos e familiares, mas também entre colegas de trabalho. Hoje, é comum as empresas terem programas de trocas de mensagens instantâneas, os chamados “communicators” e tecnologias de ponta que auxiliam nas famosas vídeoconferências, além do já tradicional e-mail, que tornam mais rápido o processo de comunicação entre as pessoas.

Porém, nessas trocas de mensagens, muitas informações circulam, mas nem sempre são para agregar valor ao negócio da empresa ou ao dia a dia do profissional. Por isso, a importância, mais uma vez, do papel do líder. É ele quem pode e deve aproveitar as novas tecnologias para difundir e disseminar ideias e conceitos que vão ao encontro das metas e objetivos firmados pelo departamento e pela empresa. O importante é que essas ferramentas sirvam para agregar valor aos profissionais, especialmente em uma época em que a comunicação é vista como estratégica para as companhias.

Muitas vezes, um profissional tem uma ótima ideia que, se fosse compartilhada com a chefia e a equipe, poderia ser desenvolvida e colocada em prática. Por isso, a importância do líder ser aberto e gostar de promover o debate e a troca de experiências. Quem ganha com essa atitude, certamente, é a própria empresa e o profissional, que se sentirá cada vez mais valorizado, ouvido e engajado em sempre propor novas ideias.

Ao mesmo tempo, o profissional não pode se sentir acuado e com medo de expor ideias. É comum que as pessoas tenham receio em não ser aceitas. Neste caso, vale lembrar de uma famosa citação de Isaac Newton, filósofo inglês e físico moderno: “Pensar, mas não agir, é o que gera o medo”. Por isso, a dica é sempre falar e mostrar a capacidade de criar e sugerir novas ações, conceitos, entre outros.

Para as empresas, é importante lembrar que essas novas ferramentas tecnológicas também auxiliam na comunicação externa, aquela feita com clientes, prospects, fornecedores, sindicatos, entre outros. Por meio das mídias sociais, por exemplo, é possível mostrar a todo o mundo quais ações estão sendo desenvolvidas pela companhia.

O importante é compartilhar. Todo mundo aprende e cresce.

*Sandra Lucena Souto é diretora Marketing e Novos Negócios da ProPay – consultoria, terceirizadora de Folha de Pagamento e Gestão de Benefícios.
 

Clientes

Conheça quem hoje faz a história da ProPay ser um sucesso.

Covidien Canal Rural Grupo Flytour DeVry Brasil Junior GS1 Brasil Máquinas Mercedes Benz ESPRO Sidel Valeo Damásio Pamcary Crown Nidera
http://www.propay.com.br/