Blog

21/02/2013

Chuva e Trânsito: a combinação perfeita para o caos. Veja como evitar o estresse nesses dias.

Com o calor intenso do verão, as chuvas ficam mais eminentes no fim da tarde coincidindo com o horário de pico. Este se trata do momento mais intenso e tenso do dia. Chuvas fortes, alagamentos, árvores caídas, semáforos quebrados, tudo isso resultando em congestionamentos gigantescos e o estresse de milhões de brasileiros que estão saindo de seus trabalhos para irem para casa. Trânsito realmente é uma coisa que chateia. Normalmente, uma pessoa que fica cerca de duas horas no trânsito, perde em média 400 horas por ano ou 17 dias inteiros. São números espantosos, já que diante de uma rotina tão agitada quanto a nossa, qualquer minuto a mais é precioso. Hoje em dia é tão comum estar no trânsito que nos sentimos parte dele, às vezes nem mesmo percebemos que estamos ali parados, porém muitas vezes isso pode prejudicar o nosso rendimento profissional na empresa. Congestionamentos podem reduzir a produtividade de uma pessoa em até 5% e infelizmente a maioria da população é afetada pelo trânsito carregado. Os moradores da cidade de São Paulo são os que mais sofrem e 39% dos paulistanos entrevistados em uma pesquisa de IBOPE em 2012 garantem que o maior problema da capital, sem sombra de dúvidas é o trânsito carregado. Consequências do vilão das grandes cidades O problema, aliás um dos problemas é que este grande obstáculo das vias terrestres representa uma vasta perda de dinheiro, o aumento das emissões de gases poluentes, a perda de qualidade de vida e outros impasses diversos. Os prejuízos físicos e psicológicos podem ser percebidos facilmente. Depois de enfrentar um caos nas vias, você chega ao trabalho estressado, com alterações comportamentais, com dores nas costas, nos ombros e outros membros. Às vezes você sequer perceberá que a justificativa para estes sintomas seja o trânsito, já que você está quase acostumado com ele. Tome cuidado e fique atento, você pode ter problemas físicos graves por ficar em uma só posição impedindo a circulação do sangue, quando a pessoa fica muito tempo dirigindo fica em uma posição anatômica desconfortável. Os que andam de ônibus também não escapam de posições cansativas e muito mais desagradáveis já que precisam dividir um espaço reduzido com muitos outros passageiros. Soluções Opções para driblar o trânsito existem inúmeras. Comprar ou alugar uma casa mais próxima do serviço, ir trabalhar de bicicleta ou evitar sair em horários de pico. Mas a verdade seja dita: a maior parte (quase que preponderante) dos profissionais não se encaixa nestas opções. Comprar ou alugar uma casa não é tão simples assim, ir de bicicleta pode ser muito saudável, mas dependendo da distância a ser pedalada pode provocar muitos problemas, além da falta de segurança para ciclistas, tentar fugir do horário de Rush talvez seja impossível para aqueles que trabalham em empresas com horários inflexíveis. Diante de tantos empecilhos, o jeito é se adaptar as adversidades. Pois é, existem até exercícios físicos que amenizam dores e incômodos. Se esta dentro do carro parado no trânsito, você pode alongar as articulações cruzando as pernas, mover circularmente os ombros, se debruçando sob o volante e contraindo o abdômen, entre outros movimentos que podem trazer alívios. Beba bastante água, e tente relaxar a mente ouvindo música ou noticiários (de preferência que não falem da péssima situação do trânsito). Tente não ouvir músicas pesadas e agitadas. Prefira as mais calmas já que de acordo com alguns especialistas em educação no trânsito, músicas agitadas, como por exemplo o rock, pode motivar o motorista a dirigir mais rápido já que ele usa o veículo para expressar a euforia que a música transmite. Se estiver dentro do ônibus, metrô ou trem, use e abuse do seu celular, entre na internet, ligue para um amigo, leia um livro, durma. Se estiver em pé escute uma boa música com os fones de ouvidos e tente manter seu pensamento distante da bagunça, tudo isso pode te distrair e fazer com que aquela loucura passe e você não sinta tanto o impacto.

Clientes

Conheça quem hoje faz a história da ProPay ser um sucesso.

Grupo Flytour Crown Par Corretora de Seguros Rocket Lachmann Junior Canal Rural Mercedes Benz GS1 Damásio Grupo Libra Decathlon Brasil Máquinas ESPRO Sidel
http://www.propay.com.br/